Registar    Entrar    Fórum    Pesquisar    FAQ     RSS

Índice do Fórum » Geral » Novidades, Notícias e Avisos





Criar Novo Tópico Responder a este Tópico  [ 1 mensagem ] 
Autor Mensagem
 Assunto da Mensagem: Singela proposta ao Ministro Manuel Heitor
 Mensagem Enviado: Segunda Maio 28, 2018 8:52 am 
Offline
cientista sempre presente
cientista sempre presente

Registado: Quarta Dez 09, 2015 8:17 am
Mensagens: 383
Universidade/ Instituto: Minho
Se como alega o Ministro Manuel Heitor as cativações do Ministro Centeno o impedem de executar o seu próprio orçamento, aproveito para lhe fazer sugestão sem custos, que pode contribuir para o emprego permanente de muitos investigadores.

O Sr. Ministro que arranje forma de obrigar as universidades a abrir processo disciplinar a todos os membros de concursos de provimento de docentes, sempre que um desses concurso seja anulado em tribunal por vicio de violação de lei. E proceda também à alteração da lei do trabalho em funções públicas, para que os envolvidos em processo concursal anulado por vicio de violação de lei sejam despedidos da função pública. Esta simples mas radical medida teria elevado potencial para levar muitos professores a evitarem envolver-se no conhecido "passatempo" da viciação de concursos. Situação essa que já foi denunciada publicamente por vários catedráticos e que é própria de países do terceiro mundo.

Só dessa forma é possível evitar que se repita aquilo que teve lugar neste famoso concurso: http://dererummundi.blogspot.pt/2016/05/recrutamento-de-docentes-de-matematica.html e que ocorre de forma sistemática em muitos outros concursos. E é também por causa disto que há um problema com a investigação em Portugal, exactamente porque há instituições que não estão interessadas em contratar investigadores altamente citados e preferem contratar antes amigos e conhecidos da casa mesmo sem citações ou sequer um único artigo em revista internacional.

É esta grave anomalia que permite explicar que ao mesmo tempo que existem centenas de investigadores altamente citados que vivem com bolsas as universidades e politécnicos têm uma escassa percentagem de docentes com um numero decente de citações.

Abaixo lista com o rácio (Nº de perfis com pelo menos 2000 citações no Google académico/Nº de ETIs) para as instituições de ensino superior públicas com pelo menos um perfil nessa condição

UAveiro...........27%
ULisboa...........16%
UNova.............16%
UCoimbra........13%
UPorto.............13%
UAlgarve..........11%
UMinho............11%
IPol Bragança.....7%
ISCTE................6%
UBI....................6%
UTAD.................4%
UÉvora...............3%
UMadeira............3%
IPol Porto...........3%
UAçores..............2%
UAberta..............2%
IPol Coimbra.......1%
IPol Lisboa..........1%
IPBeja................1%
IPolSantarém.....0.6%
IPolViseu............0.5%

Existem vários politécnicos e (até várias universidades privadas) e sem um único docente/investigador com pelo menos 2000 citações. Algumas instituições não têm sequer um único com 1000 citações ! Uma outra solução, esta porém com impacto orçamental, passaria por aposentar compulsivamente (sem penalização) os vários milhares de docentes do ensino superior público já com 60 anos de idade mas sem produção científica minima (uma média de 1 output internacional/ano nos últimos 10 anos). O financiamento desta medida seria ainda assim muito mais pertinente e importante para o país do que por exemplo andar a financiar a compra de armamento, pois Portugal gasta em percentagem do PIB bastante mais em desepesas militares do que 12 países europeus ! http://ec.europa.eu/eurostat/web/products-eurostat-news/-/EDN-20170607-1

Aliás não se percebe minimamente porque razão Portugal gasta neste capítulo em termos de % do PIB mais do que a Alemanha, o dobro da Áustria, da Hungria, da Irlanda e mais do triplo do Luxemburgo !

Note-se que a Austria e Alemanha gastam em % do PIB o dobro daquilo que Portugal gasta em investigação o que significa que nós por cá preferimos gastar em despesas militares aquilo que os Alemães e os Austraíacos preferem gastar em investigação.

Deve ser porque eles são burros e nós é que somos espertos. Não parece porém que seja através desse tipo de despesa que se vai conseguir melhorar o desempenho económico do nosso país, cujo PIB/capita não pára de cair ano após ano e que este ano irá baixar para a 21ª posição no seio da União Europeia, e daqui a poucos anos para a 25ª.


Já os burros dos Alemães e dos Austríacos esse lá contiuam com o seu pobre PIB/capita que nós no entanto não vamos alcançar provavelmente nem daqui a 30 anos.


Topo 
 Perfil  
Resposta com citações  
Mostrar mensagens anteriores:  Ordenar por  
 
Criar Novo Tópico Responder a este Tópico  [ 1 mensagem ] 

Índice do Fórum » Geral » Novidades, Notícias e Avisos


Quem está ligado

Utilizadores a navegar neste fórum: Nenhum utilizador registado e 4 visitantes

 
 

 
Criar Tópicos: Proibído
Responder Tópicos: Proibído
Editar mensagens: Proibído
Apagar mensagens: Proibído
Enviar anexos: Proibído

Pesquisar por:
Ir para:  
Alojamento oferecido por David A.