Programas Doutorais

Discussão das prioridades para a melhoria das condições enquanto jovens investigadores e as estratégias a seguir para as atingir.
Regras do Fórum
"Prioridades e estratégias"; cujo objectivo é a discussão daquilo que os bolseiros consideram ser as prioridades para a melhoria das suas condições enquanto jovens investigadores e as estratégias a seguir para atingir os objectivos propostos.
Responder
curiousbeing
investigador em formação
investigador em formação
Mensagens: 31
Registado: quarta abr 25, 2018 1:39 am
University/ Institute: N/A

Programas Doutorais

Mensagem por curiousbeing » terça fev 05, 2019 11:07 pm

O forum anda morto por isso duvido que vá ter resposta a esta minha curiosidade mas pronto vamos tentar.

No ano de 2012/13 a FCT aprovou uma série de programas doutorais, nos quais a pessoa se candidata ao programa e é o júri da instituição que recebeu o dinheiro desse mesmo quem escolhe os candidatos. Em paralelo há o concurso a bolsas individuais da FCT que se processa anualmente em que cada bolseiro concorre com um projecto já escrito e depois a FCT decide se tem bolsa ou não.

Foi-me dito já por várias pessoas entendidas no assunto (PIs) que os programas doutorais terminaram. Este ano ainda se estão a apanhar algumas edições finais, porque podem ter havido atrasos no seu início mas assim que acabarem todas as edições, esse modelo de doutoramento vai deixar de existir.

Alguém me consegue explicar porquê?

O modelo de candidatura a bolsas individuais da FCT não pressupõe que seja muito mais dificil alguém conseguir um doutoramento sem já estar integrado num laboratório e conhecer o orientador (logo pressupõe maior nível de endogamia) ao contrário de um programa doutoral em que qualquer pessoa mesmo que não esteja no laboratório se poderia candidatar?

Tendo em conta que, segundo dizem, agora somos ricos por causa dos turistas e investidores estrangeiros, não devíamos estar a investir mais em investigação e aumentar o número desses programas?

É que vejo muitos desses programas em países estrangeiros, em que é o grupo de investigação ou instituto que publica oportunidades/bolsas de doutoramento e a pessoa candidata-se.

Responder