A igreja universal do ruído diabólico

Informações recentes no universo dos bolseiros. Notícias da imprensa sobre ciência são também bem-vindas.
Responder
Torgal
cientista sempre presente
cientista sempre presente
Mensagens: 1197
Registado: quarta dez 09, 2015 8:17 am
University/ Institute: Minho

A igreja universal do ruído diabólico

Mensagem por Torgal » segunda set 09, 2019 6:15 am

Já não nos bastavam os hipócritas da Opus Dei, já não nos chegava a contraditória Business School da Universidade Católica, já não nos chegava o facto da igreja universal do Reino de Deus ter ajudado a eleger o fascista Jair Bolsonaro https://www.metropoles.com/brasil/polit ... de-salomao e agora ainda por cima temos que gramar em Portugal com o insuportável assédio sonoro da referida igreja universal do reino de Deus, que como refere um dos incomodados (leia-se massacrado) até chega ao cumulo de fazer exorcismos às 3h da madrugada. Artigo hoje no Público e acessível no link. https://www.docdroid.net/kBctjH7/igreja ... -ruido.pdf
Muito mal vai um país em que o direito à liberdade religiosa se sobrepõe ao direito ao descanso.





___________________________________________________________________________________________________________________
De: F. Pacheco Torgal
Enviado: 6 de setembro de 2019 6:07
Assunto: O hipócrita da Opus Dei que gosta de touradas e defende a Santa Inquisição

Tendo no email abaixo mencionado o Partido Livre e como há quem não compre o jornal Público e não leia as crónicas do historiador Rui Tavares (o mesmo que enquanto eurodeputado provocou a ira do fascista Viktor Orban https://www.publico.pt/2013/06/20/jorna ... e-26714139) segue uma interessante crónica dele hoje no Público texto acessível no link https://www.docdroid.net/jhMXjuo/opus-dei.pdf sobre um hipócrita membro da Opus Dei que se queixa que a Santa Inquisição tem má imprensa e que afinal até tinha coisas boas, é o mesmo hipócrita que gosta de touradas e que não gostou que a Assembleia da República tenha há poucos anos criminalizado os maus tratos a animais de companhia, argumentando que os animais são estúpidos e não sabem o que querem, tendo na altura o mesmo escrito que "ausência de inteligência e vontade impede que esses seres vivos possam ser titulares de direitos (jurídicos)".

Responder