Univ.Porto lidera o rácio (Scopus Highly Cited Scientist - SHCS/docente ETI)

Informações recentes no universo dos bolseiros. Notícias da imprensa sobre ciência são também bem-vindas.
Responder
Torgal
cientista sempre presente
cientista sempre presente
Mensagens: 1197
Registado: quarta dez 09, 2015 8:17 am
University/ Institute: Minho

Univ.Porto lidera o rácio (Scopus Highly Cited Scientist - SHCS/docente ETI)

Mensagem por Torgal » domingo set 08, 2019 1:07 pm

https://data.mendeley.com/datasets/btch ... 2069ba3481

A lista abaixo foi elaborada a partir do ranking do John Ioannidis, acessível no link acima. É curioso constar que Portugal cuja universidade com melhor desempenho (UPorto) tem 97% de docentes ETI fora da referida lista seja o mesmo país (que até tem catedráticos sem publicações indexadas) que tem 43% dos seus investigadores em unidades classificadas com excelente e o mesmo país que tem várias universidades com percentagens de docentes excelentes acima de 70% !

UPorto......................3.0% (o EPFL tem um rácio de 53%)
ULisboa.....................2.7%
U.Aveiro....................2.1%
UALG........................1.8%
UCoimbra...................1.7%
UMinho......................1.2%
UNova.......................0.9%
Pol. Bragança..............0.8%
UBI...........................0.3%
UTAD........................0.2%
Pol. Porto...................0.2%
UEvora........................0
UMadeira.....................0
UAçores.......................0
UAberta.......................0
ISCTE..........................0

P.S - Ao contrário do que sucede nos Highly cited Researchers da Web of Science, onde não há nenhum Português da área das ciências sociais ou da economia, neste aparecem o Boaventura Sousa Santos e o Carlos Pestana Barros





___________________________________________________________________________
De: F. Pacheco Torgal
Enviado: 24 de agosto de 2019 21:14
Assunto: Portugal versus Israel no Top 100.000 de cientistas mais citados

É interessante constatar que Portugal, conhecida potência científica, onde agora quase 80% dos investigadores pertencem a unidades classificadas com Excelente ou Muito Bom (percentagem essa que deverá subir na próxima avaliação) http://maissuperior.blogspot.com/2019/0 ... gos-e.html

apresenta relativamente ao ranking mencionado no email abaixo um rácio de 17 investigadores altamente citados por milhão de habitantes enquanto que o rácio de Israel é de 120 investigadores/milhão de habitantes. E note-se que há muito melhor do que Israel como por exemplo a Suiça com um rácio de 220.

E até mesmo a Grécia, aquele país que pagou centenas de milhões de euros à Goldman Sachs para falsificar as contas públicas, onde ao mesmo tempo que alguns ricos gregos tinham 800.000 milhões de euros guardados em bancos Suiços, https://greece.greekreporter.com/2015/0 ... iss-banks/

o Governo teve de despedir milhares de funcionários públicos, tendo a função pública daquele país diminuido de 768 milhares para 644.000 trabalhadores, o mesmo país cujas universidades também sofreram pesada austeridade, mas ainda ainda assim apresentam melhor desempenho do que Portugal com um rácio de 28.

E o que é que isto interessa ? Na newsletter da Comissão Europeia que em 17 Junho passado anunciou o European Innovation Scoreboard-EIS de 2019 https://ec.europa.eu/commission/pressco ... ip_19_2991 alguém entendeu pertinente lembrar aos que vivem com a cabeça no mundo da lua que:
"Europe needs to deepen its innovation capability to compete on global markets and maintain and improve the European way of life"

Abaixo links para os perfis de ambos os países no EIS 2019:
Portugal https://ec.europa.eu/docsroom/documents/35906
Israel https://ec.europa.eu/docsroom/documents/35897

Responder