Registar    Entrar    Fórum    Pesquisar    FAQ     RSS

Índice do Fórum » Geral » Novidades, Notícias e Avisos





Criar Novo Tópico Responder a este Tópico  [ 1 mensagem ] 
Autor Mensagem
 Assunto da Mensagem: Carlos Fiolhais : esquecimento ou arrogância científica ?
 Mensagem Enviado: Terça Maio 21, 2019 6:01 am 
Offline
cientista sempre presente
cientista sempre presente

Registado: Quarta Dez 09, 2015 8:17 am
Mensagens: 991
Universidade/ Instituto: Minho
É interessante constatar que passado que está mais de um mês sobre o tal programa sobre medicinas alternativas comentado no email abaixo as ondas de choque do mesmo ainda não se extinguiram. Ainda recentemente o Carlos Fiolhais deu testemunho num programa de televisão acerca da falta de credibilidade dos defensores das tais medicinas alternativas, porém ao fazê-lo esqueceu-se que não está a falar para uma audiência de cientistas ou sequer de candidatos a cientistas mas para uma com muitos Portugueses de baixa instrução (escolar e ou científica) que já se percebeu classificam como arrogância a posição dos cientistas.

E o problema é que nem sequer podemos censurá-los porque não nos esqueçamos que até o genioso demente, Olavo de Carvalho, conselheiro-mor do Sr. Bolsonaro acredita que o Sol é que gira em torno da Terra e não o contrário e também que há muitos que acreditam que o nosso Planeta é plano como o conhecido Mark Sargent. E é por isso que devemos estar gratos à Divina Providência pelo facto daqueles senhores e senhoras (que não sabem rigorosamente nada de ciência) mas que tem centenas de milhões de seguidores (quase como se fossem lideres religiosos) como o Sr. Ronaldo ainda não lhes ocorreu dizer que as medicinas alternativas são óptimas, que tem o mesmo valor da medicina convencional e que as vacinas são terríveis podendo inclusive causar doenças várias !

Infelizmente há até mesmo na academia Portuguesa (e noutras) há ainda bastantes docentes (principalmente da área das Humanidades) que também revelam elevado desconhecimento sobre a ciência e inclusive sobre o que é o método cientifico, facto esse já abundantemente reportado pelo menos desde há quase 70 anos pelo Charles Percy Snow na conhecida obra "The two cultures"
http://sciencepolicy.colorado.edu/stude ... w_1959.pdf

Um interessante facto que parece ter sido esquecido pelo Carlos Fiolhais é que há medida que a nossa sociedade se torna mais tecnológica (e ou científica) há um aumento do número daqueles que se juntam a grupos religiosos ou pseudoreligiosos como por exemplo as várias centenas de milhares cujo visionamente dos filmes da saga Star Wars lhes lavou o cérebro, acreditando agora que são Cavaleiros da religião "Templo da Ordem Jedi"
https://www.theguardian.com/news/2018/a ... ppens-next

Não admira por isso que haja inclusive diplomados pela Universidade de Princeton como por exemplo um de nome Anthony M. Esolen, que até é Professor de Literatura e que escreveu sobre algo que designa como a arrogância dos cientistas em termos tais, inteligentes porém maliciosos, que facilmente levarão muitos a duvidar do valor do trabalho dos cientistas.https://www.catholiceducation.org/en/sc ... tists.html e certo é que se tais criticas podiam ser consideradas aberrantes há um século atrás não deixam de ter nos dias que correm alguma fundamento por conta das dezenas de milhares de artigos de ciência da treta https://www.sciencemag.org/news/2018/10 ... th-penalty





_______________________________________________________________________
De: F. Pacheco Torgal
Enviado: 11 de Abril de 2019 21:08
Assunto: Na medicina o carinho tem o mesmo valor de um facto científico

https://www.rtp.pt/play/p5337/e398438/pros-contras

Recentemente o programa Prós e Contras da RTP acolheu "uma discussão" sobre medicinas alternativas e um médico que por lá apareceu de nome João Júlio Cerqueira disse que "as medicinas alternativas não funcionam" e que são coisa da treta (vídeo acima a partir do minuto 19). As afirmações terão chocado muitos daqueles que acreditam nelas não tanto por ele ter ou não razão mas pelo facto de ser culpado do crime da arrogância. E neste país poucas pessoas gostam de alguém arrogante (fenómeno diferente daquilo que sucede nas pátrias do Sr. Trump e do Sr. Bolsonaro) e menos ainda aquelas que mesmo com formação superior escrevem coisas bizarras como por exemplo "o abraço, o toque suave, a carícia, a compaixão etc., tem um efeito positivo poderoso na expressividade genética". E se se até pode entender uma tal arrogância em face da diferença entre o valor de um facto cientifico incontestado comparativamente à argumentação daqueles que acham que o carinho (e outras coisas mais esotéricas) pode curar uma data de doenças é necessário reconhecer que é uma atitude pouco inteligente achar que basta falar da superioridade do método cientifico para vencer esta guerra. Porque quem está do outro lado da barricada não é gente totalmente ignorante e conhece muito da porcaria que tem tido lugar na investigação médica, como por exemplo aqueles casos abaixo comentados, os quais impedem os cientistas da área médica de negar que há por lá muita manipulação e vigarices. E é aqui que a guerra se começa a perder quando o lado das medicinas alternativas podem dizer (também com arrogância) que partilham pelo menos um ponto em comum com as medicinas convencionais, que ambas tem manipulação e vigarices. De pouco vale por isso que as primeiras tenham muitíssimo mais do que as segundas pois o cidadão comum não vê as coisas dessa forma, pelo que a única solução possível é dar um tratamento de choque à investigação na área da medicina para reduzir substancialmente as vigarices que por lá sucedem.


Topo 
 Perfil  
Resposta com citações  
Mostrar mensagens anteriores:  Ordenar por  
 
Criar Novo Tópico Responder a este Tópico  [ 1 mensagem ] 

Índice do Fórum » Geral » Novidades, Notícias e Avisos


Quem está ligado

Utilizadores a navegar neste fórum: Nenhum utilizador registado e 4 visitantes

 
 

 
Criar Tópicos: Proibído
Responder Tópicos: Proibído
Editar mensagens: Proibído
Apagar mensagens: Proibído
Enviar anexos: Proibído

Pesquisar por:
Ir para:  
Alojamento oferecido por David A.