Espanha 5 - Portugal 0 (Most Innovative Universities 2019)

Informações recentes no universo dos bolseiros. Notícias da imprensa sobre ciência são também bem-vindas.
Responder
Torgal
cientista sempre presente
cientista sempre presente
Mensagens: 1254
Registado: quarta dez 09, 2015 8:17 am
University/ Institute: Minho

Espanha 5 - Portugal 0 (Most Innovative Universities 2019)

Mensagem por Torgal » quarta mai 01, 2019 4:25 pm

https://www.reuters.com/article/rpbtop1 ... SKCN1S60PA

Se a Espanha mesmo com 34% de catedráticos que nunca produziram investigação de qualidade/referenciada/competitiva (email abaixo) consegue ganhar 5-0 a Portugal isso significa que por cá a percentagem será bastante superior, só resta saber porque motivo a percentagem Portuguesa está no segredo dos deuses.


________________________________________________________________________
De: F. Pacheco Torgal
Enviado: 28 de Fevereiro de 2019 14:18
Assunto: 34% dos catedráticos não produzem investigação de qualidade

"El 34% de los catedráticos (3.600) y el 60% de los profesores titulares (16.200) no han demostrado producir ciencia de calidad a lo largo de toda su carrera"
https://elpais.com/sociedad/2019/02/27/ ... 39435.html
http://estadisticas.mecd.gob.es/EducaDy ... ile=pcaxis



_______________________________________________________________________
De: F. Pacheco Torgal
Enviado: 22 de Fevereiro de 2019 20:45
Assunto: "a minimum postdoctoral salary of $50,000 in 2018"

A lista mencionada no email abaixo continua a crescer e já vai em quase 700 subscritores e enquanto isso há países onde realmente se dá valor aos investigadores mesmo aqueles no inicio da carreira com vencimentos que superam inclusive aquilo que por cá se paga a um catedrático https://www.sciencemag.org/careers/2016 ... end-levels Nos EUA há até casos excepcionais de posdocs que podem chegar a ganhar 100.000 dólares/ano em certas linhas de investigação financiadas pela indústria.

Neste contexto é pertinente e interessante comparar o K-índex dos investigadores desempregados referidos no email abaixo (Heliana Teixeira K=42; Ana Rodrigues K=50; Ana Viana K=51) com os valores constantes na tabela reproduzida no blog De Rerun Natura pela mão do catedrático Carlos Fiolhais e onde aparecem diversos conhecidos cientistas, incluindo Highly Cited Researchers e até Reitores https://dererummundi.blogspot.com/2018/ ... ueses.html mas principalmente com os valores residuais dos dois catedráticos também mencionados no email abaixo (K=8 e K=5) que são valores indignos de uma Cátedra sustentada pelos impostos dos contribuintes Portugueses.

Responder