Registar    Entrar    Fórum    Pesquisar    FAQ     RSS

Índice do Fórum » Geral » Novidades, Notícias e Avisos





Criar Novo Tópico Responder a este Tópico  [ 1 mensagem ] 
Autor Mensagem
 Assunto da Mensagem: Bananal-Portugal__Modo de funcionamento
 Mensagem Enviado: Sexta Mar 15, 2019 9:43 pm 
Offline
cientista sempre presente
cientista sempre presente

Registado: Quarta Dez 09, 2015 8:17 am
Mensagens: 760
Universidade/ Instituto: Minho
A receita é simples, os autarcas queixam-se e o PS e o PSD logo correm a alterar a lei como informa hoje o Observador. https://observador.pt/2019/03/15/psd-e- ... rem-obras/

Já sobre as muitas queixas dos cidadãos e das petições em catadupa que tem dado entrada na Assembleia da República, a receita aí é outra muito diferente pois tudo o que vem da sociedade civil é pouco mais do que lixo. Depois não admira que aquele catedrático de Direito que costuma escrever no Público hoje mesmo fale em "partidarização asfixiante" quando podia muito bem ter escrito antes ""partidarização danosa" ou "partidarização criminosa" https://www.publico.pt/2019/03/15/polit ... de-1865373





______________________________________________________________________
De: F. Pacheco Torgal
Enviado: 12 de Março de 2019 19:54
Assunto: A CNE e a inauguração de obras

https://www.jornaldenegocios.pt/economi ... vila-verde

https://www.publico.pt/2019/03/09/polit ... al-1864734

Os nossos medíocres políticos (autarcas e outros) os mesmos que nas ultimas décadas sempre agiram no sentido de fazer obras e inaugurações especialmente em ano eleitorais unicamente para maximizar a caça de votos quase como se fossemos um país do terceiro mundo andam agora muito incomodados com a decisão da CNE de andar mais atenta à lei eleitoral para evitar as muitas indecências do passado. Esta pouca vergonha das inaugurações, especialmente aquelas que se fazem em ano de eleições só é comparável à aberração de um cirurgião alardear que fez X operações bem sucedidas, de um engenheiro que andasse a vangloriar-se de ter projectado Y pontes que não cairam ou de um juiz que dissesse que tinha enviado Z ladrões ou outros meliantes para a cadeia. Parece que se esquecem que dever cumprido não é mérito é obrigação. Mérito é fazer coisas excepcionais que só poucos conseguem infelizmente porém o maior mérito que a classe politica (com pontuais excepções) revelou nas ultimas décadas foi o de conseguir enriquecer com pouco trabalho, mérito esse que curiosamente quando é ano de eleições nunca gostam de reclamar, revelando-se nesse aspecto particular muito humildes.




_______________________________________________________________________
De: F. Pacheco Torgal
Enviado: 3 de Novembro de 2018 13:08
Assunto: Será que não se pode tornar inconstitucional a inauguração de obras ?

A imprensa resolveu hoje dedicar alguma atenção ao tal problema que não ocorre em Portugal para dar conta que existe um município onde espantosamente mais de 80% da água não é facturada ! Tenha-se presente que se estima que em Portugal se percam ao longo da rede todos os anos quase 200 milhões de metros cúbicos do volume da água captada. Dá também conta a noticia no semanário Sol que existem no país mais de 100.000 Km de condutas sendo que são reabilitadas 0.6% por ano o que significa que talvez lá para o ano 2100 se possa garantir que as perdas na rede são mínimas.

Talvez que agora alguns percebam melhor o valor de 23,7 mil milhões de dólares em poupanças a contabilizar até ao ano 2056, referidas no email abaixo de 28 de Fevereiro que justificaram os tais estudos conjuntos entre o MIT e a universidade de Cambridge sobre o referido problema. Infelizmente nós por cá um pouco à semelhança daqueles mendigos que possuem smartphones de ultima geração, preferimos antes apostar nas tecnologias foguetórias e claro em obras que possam ser condignamente inauguradas (como foram os muitos estádios construídos para o Euro 2004 ou o tal aeroporto de Beja que agora são apenas custosos elefantes brancos) pois que no vocabulário politico é humilhante exercício inaugurar uma obra enterrada, como são as condutas de água, o que legitima a questão: será que não se pode tornar inconstitucional a inauguração de obras ? E se tal não for possível atento o elevado grau de adição da classe politica pelas inaugurações será que não se pode aprovar lei para obrigar a que as placas a descerrar nas ditas inaugurações em vez do nome do politico que está homenageiem antes os contribuintes que pagaram aquela obra ?


Topo 
 Perfil  
Resposta com citações  
Mostrar mensagens anteriores:  Ordenar por  
 
Criar Novo Tópico Responder a este Tópico  [ 1 mensagem ] 

Índice do Fórum » Geral » Novidades, Notícias e Avisos


Quem está ligado

Utilizadores a navegar neste fórum: Bing [Bot] e 4 visitantes

 
 

 
Criar Tópicos: Proibído
Responder Tópicos: Proibído
Editar mensagens: Proibído
Apagar mensagens: Proibído
Enviar anexos: Proibído

Pesquisar por:
Ir para:  
Alojamento oferecido por David A.