Registar    Entrar    Fórum    Pesquisar    FAQ     RSS

Índice do Fórum » Geral » Novidades, Notícias e Avisos





Criar Novo Tópico Responder a este Tópico  [ 1 mensagem ] 
Autor Mensagem
 Assunto da Mensagem: K-index de professores de Politécnicos
 Mensagem Enviado: Sexta Mar 15, 2019 6:35 am 
Offline
cientista sempre presente
cientista sempre presente

Registado: Quarta Dez 09, 2015 8:17 am
Mensagens: 760
Universidade/ Instituto: Minho
Atenta a comparação do K-índex feita no email abaixo entre investigadores de topo desempregados e alguns catedráticos, faz sentido comparar o mesmo índice de vários docentes de Politécnicos que é superior ao de muitos conhecidos catedráticos Portugueses.

J. Tenreiro Machado.......Inst. Politécnico do Porto..............97
Cristina. Delerue-Matos..Inst. Politécnico do Porto..............94
José Pereira.................. Inst. Politécnico de Bragança........88
Paulo Bártolo..................Inst. Politécnico de Leiria.............73
Victor Mendes................Inst. Politécnico de Lisboa.............62
Victor Pires.................... Inst. Politécnico de Setúbal..........57



______________________________________________________________________
De: F. Pacheco Torgal
Enviado: 21 de Fevereiro de 2019 18:54
Assunto: "a minimum postdoctoral salary of $50,000 in 2018"

A lista mencionada no email abaixo continua a crescer e já vai em quase 700 subscritores e enquanto isso há países onde realmente se dá valor aos investigadores mesmo daqueles no inicio da carreira com vencimentos que superam inclusive aquilo que cá se paga a um catedrático https://www.sciencemag.org/careers/2016 ... end-levels Nos EUA há até casos excepcionais de posdocs que podem chegar a ganhar 100.000 dólares/ano em certas linhas de investigação financiadas pela industria.

Neste contexto é pertinente e interessante comparar o K-índex dos investigadores desempregados referidos no email abaixo (Heliana Teixeira K=42; Ana Rodrigues K=50; Ana Viana K=51) com os valores constantes na tabela reproduzida no blog De Rerun Natura pela mão do Carlos Fiolhais e onde aparecem diversos conhecidos cientistas, incluindo Highly Cited Researchers e até Reitores https://dererummundi.blogspot.com/2018/ ... ueses.html mas principalmente com os valores residuais dos dois catedráticos também mencionados no email abaixo (K=8 e K=5) que são valores indignos de uma Cátedra sustentada pelos impostos dos contribuintes Portugueses.




______________________________________________________________________
De: F. Pacheco Torgal
Enviado: 7 de Fevereiro de 2019 18:13
Assunto: Carta aberta com mais de 150 de subscritores

https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIp ... Q/viewform

Acima link para a carta aberta e respectiva lista de signatários. A subscritora nº 72 está desempregada e de acordo com a base Scopus tem quase 40 publicações referenciadas e um h-index=20, a subscritora nº101 é uma cientista que terminou o contrato em Dezembro apesar de ter 45 publicações referenciadas na base Scopus, já a subscritora nº 63 é uma cientista que também está desempregada, apesar de se ter fartado de produzir nos últimos anos e ter mais de 80 publicações referenciadas na base Scopus https://www.scopus.com/authid/detail.ur ... 7007140977

e vergonhosamente isto sucede no mesmo país onde há vários milhares de docentes do ensino superior que por contrato estão obrigados a realizar actividades de investigação e que contudo não possuem uma única publicação na base Scopus e onde (pasme-se) até há muitos Associados e Catedráticos que não possuem nem sequer uma miserável dezena de publicações na mesma base de dados ,como por exemplo os quatro abaixo listados, algo que só tem equivalente em universidades de países do Leste como a Roménia, a Bulgária ou de países subdesenvolvidos:
Prof. Catedrático (ULisboa) - https://www.scopus.com/authid/detail.ur ... 3102678900
Prof. Catedrática (U.Porto) - https://www.scopus.com/authid/detail.ur ... 5941501600
Prof. Associado (ULisboa) - https://www.scopus.com/authid/detail.ur ... 3664274800
Prof. Associado (UPorto) - https://www.scopus.com/authid/detail.ur ... 5361920300

E se como se prova nas páginas 16 e 17 do relatório oficial da DGEEC (link abaixo) até há Faculdades neste país onde mais de 70% dos docentes não fazem parte de nenhuma unidade de investigação será surpresa que nelas se encontrem também professores catedráticos e Associados com uma produção científica similar à daqueles acima ?
http://www.dgeec.mec.pt/np4/381/%7B$cli ... desFCT.pdf

E é por isso que como abaixo se escreveu o ensino superior neste país necessita de medidas radicais para se conseguirem ultrapassar estes constrangimentos que são absolutamente danosos para o futuro de Portugal.


Topo 
 Perfil  
Resposta com citações  
Mostrar mensagens anteriores:  Ordenar por  
 
Criar Novo Tópico Responder a este Tópico  [ 1 mensagem ] 

Índice do Fórum » Geral » Novidades, Notícias e Avisos


Quem está ligado

Utilizadores a navegar neste fórum: Nenhum utilizador registado e 6 visitantes

 
 

 
Criar Tópicos: Proibído
Responder Tópicos: Proibído
Editar mensagens: Proibído
Apagar mensagens: Proibído
Enviar anexos: Proibído

Pesquisar por:
Ir para:  
cron
Alojamento oferecido por David A.