Registar    Entrar    Fórum    Pesquisar    FAQ     RSS

Índice do Fórum » Geral » Novidades, Notícias e Avisos





Criar Novo Tópico Responder a este Tópico  [ 1 mensagem ] 
Autor Mensagem
 Assunto da Mensagem: Rácio artigos Highly cited/docente ETI
 Mensagem Enviado: Domingo Fev 10, 2019 2:08 pm 
Offline
cientista sempre presente
cientista sempre presente

Registado: Quarta Dez 09, 2015 8:17 am
Mensagens: 851
Universidade/ Instituto: Minho
Ainda relativamente ao email abaixo de 1 de Dezembro e tendo em conta que o maior problema do SCTN não é o número de publicações referenciadas, embora neste aspecto haja universidades com uma produção que é o triplo ou mesmo o quadruplo de outras, abaixo lista do rácio artigos Highly Cited/ETI cuja posição da UCoimbra permite reduzir o nível de desapontamento do Carlos Fiolhais. Dados da pesquisa em anexo, os quais permitem saber que as Universidades de Oxford, Harvard e Cambridge estão associadas a respectivamente 12%, 11% e 9% dos tais artigos Highly Cited.

Rácio (artigo "Highly Cited" na Web of Science/ano por ETI) nos últimos 10 anos
UCoimbra.........0.29
UNova..............0.27
ULisboa............0.26
UAveiro............0.25
UPorto..............0.24
UMinho.............0.22
UAlgarve...........0.15
UBI..................0.10
UÉvora..............0.09



_______________________________________________________________________
De: F. Pacheco Torgal
Enviada: 1 de dezembro de 2018 18:10
Assunto: O desapontamento de Carlos Fiolhais

http://dererummundi.blogspot.com/2018/1 ... dades.html

O catedrático Carlos Fiolhais manifestou-se recentemente desapontado em post colocado no Blog De Rerun Natura (link acima) com uma análise por mim conduzida na base Scopus relativa à produção cientifica da universidade de Coimbra nos últimos 10 anos, quando comparada com a de outras universidades nacionais. Porém numa análise mais recente a coisa torna-se ainda mais negra pois se na média dos últimos dez anos a Universidade de Coimbra ainda aparecia em 5º lugar já nas médias mais recentes, últimos 5 anos e últimos 2 anos, a universidade de Coimbra não só é ultrapassada pela universidade do Minho como até já vê a Universidade do Algarve a ameaçar roubar-lhe o lugar. E até nem é de excluir que a própria UBI venha a conseguir ultrapassá-la atenta a comparação entre a sua taxa de crescimento que é mais do dobro da taxa da Universidade de Coimbra.

Rácio de publicação Scopus/ano por ETI, nos últimos 10 anos, nos últimos 5 e nos últimos 2

UAveiro.............3.7..................4.4..........4.5
UNova...............2.5.................3.5..........3.7
UPorto...............3.3..................3.6.........3.6
UMinho..............2.3.................2.9...........2.9
ULisboa.............2.7..................2.9..........2.9
UCoimbra..........2.4..................2.7...........2.7
UAlgarve...........2.1..................2.5...........2.6
UBI..................1.7.................2.1............2.2
ISCTE...............1.4.................1.9...........2.0
UMadeira...........1.1................1.6............1.8
UTAD.................1.3................1.5...........1.6
UAçores.............1.0.................0.8...........1.1
UÉvora...............0.9................1.1............1.0
UAberta..............0.6.................0.7...........0.6

P.S - A pesquisa engloba os vários tipos de publicações referenciadas na base Scopus e não somente os artigos em revista, para dessa forma não penalizar a produção daquelas áreas científicas cuja publicação é feita maioritariamente em livros e capítulos de livro e bastante menos em revistas.


Topo 
 Perfil  
Resposta com citações  
Mostrar mensagens anteriores:  Ordenar por  
 
Criar Novo Tópico Responder a este Tópico  [ 1 mensagem ] 

Índice do Fórum » Geral » Novidades, Notícias e Avisos


Quem está ligado

Utilizadores a navegar neste fórum: Nenhum utilizador registado e 6 visitantes

 
 

 
Criar Tópicos: Proibído
Responder Tópicos: Proibído
Editar mensagens: Proibído
Apagar mensagens: Proibído
Enviar anexos: Proibído

Pesquisar por:
Ir para:  
Alojamento oferecido por David A.