Registar    Entrar    Fórum    Pesquisar    FAQ     RSS

Índice do Fórum » Geral » Novidades, Notícias e Avisos





Criar Novo Tópico Responder a este Tópico  [ 1 mensagem ] 
Autor Mensagem
 Assunto da Mensagem: Ministro Manuel Heitor___The Big Pretender
 Mensagem Enviado: Domingo Fev 03, 2019 8:49 am 
Offline
cientista sempre presente
cientista sempre presente

Registado: Quarta Dez 09, 2015 8:17 am
Mensagens: 851
Universidade/ Instituto: Minho
viewtopic.php?f=8&t=8644

Carta Aberta publicada há poucas horas no link acima. Também o Presidente do Snesup já tinha dito que as afirmações do mesmo Ministro já comentadas no email abaixo eram falsas. https://www.dn.pt/lusa/interior/sindica ... 24474.html Aliás o Presidente do Snesup alerta para algo peculiar, que este Ministro sabe que não vai continuar com a pasta no próximo Governo porque alega que não é politico e prefere voltar à vida académica, palavras que deixam em má situação o falecido Mariano Gago que foi Ministro em 4 (quatro) Governos Constitucionais e que assim apanha com o rótulo negativo de politico profissional. Mas talvez a explicação para o Ministro preferir voltar à academia seja o facto de ter tido um mandato péssimo. Os professores universitários tem hoje no país menos importância do que os professores do secundário em termos de capacidade reivindicativa e a prova está no que recebem do OE em percentagem do PIB, que compara mal internacionalmente, a avaliação das unidades irá novamente favorecer as grandes unidades (a aristocracia de excelência permanente) que como no passado continuará a ficar com a parte de leão do orçamento da ciência (generosidade que permite pagar APCs de quase 3000 dólares por artigo na Americana PlosOne totalizando vários milhões de euros), várias universidades do país do Sr.Trump vão continuar a facturar à grande em troca de pouco retorno, na parte da endogamia o Ministro nada fez e também fez nada na viciação concursal. Mas conseguiu pelo menos uma coisa, exactamente aquela a que se propôs e que deu conta na primeira entrevista ao mesmo jornal Público logo no inicio do mandato em Fevereiro de 2016, que era a de flexibilizar o emprego cientifico. https://www.publico.pt/2016/02/27/cienc ... 16-1724572

Não deixa no entanto de ser irónico e caricato que fosse precisamente a classe profissional mais capacitada e internacionalmente mais competitiva aquela que neste país estivesse urgentemente a precisar de ser flexibilizada, tendo o Ministro chegado inclusive a mandar excluir docentes e investigadores do PREVAP como foi denunciado em texto do Snesup onde até se fala numa farsa https://www.snesup.pt/cgi-bin/printpage ... yprKhvgLQu E é precisamente esta ultima palavra que interessa reter para entender o mandato do Ministro Manuel Heitor.




_______________________________________________________________________
De: F. Pacheco Torgal
Enviado: 1 de Fevereiro de 2019 8:45
Assunto: Manuel Heitor__Um Ministro com uma relação muito dificil com a verdade dos factos


Hoje no jornal Público quando perguntado porque motivo o concurso individual de emprego de investigadores de 2019 só tem 300 vagas, o Ministro Manuel Heitor respondeu que:
“Há concursos para a contratação de doutores que não têm concorrentes....No caso do concurso individual, não temos doutores para todas as vagas”

trata-se porém do mesmo concurso que na edição de 2018 teve 500 vagas para 4500 candidatos, o que significa uma taxa de exclusão de quase 90%, o mesmo concurso que excluiu a conhecida cientista de medicina Maria Manuel Mota, Prémio Pessoa em 2013 e muitos outros cientistas séniores, é por isso licito perguntar Será que o Ministro não percebeu a pergunta ou teve vergonha de responder com verdade à mesma ou esta foi a forma manhosa encontrada pelos spin-doctors do Ministério que aquele tutela para vender aos Portugueses factos alternativos ?

Trata-se porém convém não esquecer do mesmo Ministro que diz abominar métricas mas que participou num estudo onde até havia métricas de fraca qualidade (email abaixo). Do mesmo Ministro que não viu qualquer problema com o facto de haver universidades onde há professores a trabalhar de borla esperando que isso lhes possa garantir uma vantagem nalgum concurso ou do mesmo Ministro que patrocina uma avaliação de unidades de investigação onde às grandes unidades foi concedido o privilegio de poderem nomear os avaliadores e onde as unidades com menos de 30 investigadores verão o seu desempenho ao longo de um quinquénio avaliado pela "leitura" de apenas 5 publicações (email abaixo de 17-12-2017)


Topo 
 Perfil  
Resposta com citações  
Mostrar mensagens anteriores:  Ordenar por  
 
Criar Novo Tópico Responder a este Tópico  [ 1 mensagem ] 

Índice do Fórum » Geral » Novidades, Notícias e Avisos


Quem está ligado

Utilizadores a navegar neste fórum: Nenhum utilizador registado e 6 visitantes

 
 

 
Criar Tópicos: Proibído
Responder Tópicos: Proibído
Editar mensagens: Proibído
Apagar mensagens: Proibído
Enviar anexos: Proibído

Pesquisar por:
Ir para:  
Alojamento oferecido por David A.