Registar    Entrar    Fórum    Pesquisar    FAQ     RSS

Índice do Fórum » Geral » Novidades, Notícias e Avisos





Criar Novo Tópico Responder a este Tópico  [ 1 mensagem ] 
Autor Mensagem
 Assunto da Mensagem: Portugal e o "white collar perp walk"
 Mensagem Enviado: Quarta Jan 09, 2019 7:34 am 
Offline
cientista sempre presente
cientista sempre presente

Registado: Quarta Dez 09, 2015 8:17 am
Mensagens: 1002
Universidade/ Instituto: Minho
Nos EUA tem por lá uma prática que choca os belos espíritos que é um exercício de vergonha pública antes mesmo de haver sequer culpabilidade, coisa diferente da vergonha de que dá conta o anexo relativa aquela já depois de provada a culpabilidade que se dá conta em artigo publicado aqui https://www.sciencedirect.com/science/a ... 1308000463

Um dos últimos europeus de alto gabarito que a ela foi submetido chamava-se Strauss-Kahn e disse que não gostou https://www.bbc.com/news/13803089 os próprios Franceses ficaram hipocritamente chocados com a coisa mas isso foi antes do choque da destruição provocada pelos coletes amarelos. Também na Japão o todo poderoso Presidente da Renault-Nissan acaba de ser presente a tribunal algemado e em trajes pouco apropriados para eventos elegantes https://www.businesstimes.com.sg/transp ... on-tuesday É claro que em Portugal antes de se chegar ao estágio do "perp walk" podem sempre utilizar-se medidas menos humilhantes e até muito justas como aquela sugerida no email abaixo de 27 de Dezembro. Isto é a graduação das penas deve ser proporcional aos rendimentos do acusado e nunca poderá haver pena suspensa para crimes de colarinho branco.

Seja como for não acredito que os EUA e o Japão o façam porque são países com costumes bárbaros como alguns simples gostam de acreditar mas sim porque por um lado porque sabem que em cada rico demonstra a ciência que existe um potencial infractor (vide email abaixo de 25 de Dezembro) e também porque pragmaticamente aceitam que há circunstâncias que podem legitimar o sacrifícios de alguns valores civilizacionais para manter a base da pirâmide patrimonial controlada, pois que quando a mesma se subleva aos milhares não há policia nem sequer exército que a metam na ordem.

O Brasil é um desses casos, pois nem que todo o exército Brasileiro fosse colocado nas ruas isso já não iria resolver o endémico problema do crime porque um país onde os criminosos se riem do exército e sentem orgulho em dizer que pertencem a organizações criminosas, o poder eleito praticamente já não tem qualquer margem de manobra significativa para resolver o problema criado pela inércia e incúria de Governos passados que não conseguiram acabar com uma miséria crónica, nem muito menos com uma opulência pornográfica as quais são matéria prima óptima para iniciar uma fábrica do crime.

Até o intelectualmente muito limitado Bolsonaro percebe que estes criminosos são irrecuperáveis o que ele por manifesta pobreza cerebral não alcança é que por mais que eles os tente matar a fábrica que os produz o faz a um ritmo muito superior aos que ele algum dia os conseguirá matar. Tenha-se presente que pobreza extrema no Brasil (aqueles que vivem com menos de 2 dólares/dia) atinge 14 milhões de pessoas representando 7% da população https://exame.abril.com.br/economia/pob ... populacao/
assim se se admitir que 7% dos 2.8 milhões que nascem a cada ano nunca vão sair dessa classe e que apenas 40% desses 7% poderão acabar no crime (pois que como é evidente ninguém sobrevive com menos de 2 dólares/dia e num país onde os ricos roubam mais sentido faz que os pobres também o façam) então a policia ou o exército teria segundo a sugestão do demente Bolsonaro que abater 80.000 a cada ano só para que o numero de criminosos não aumentasse. É verdade que o numero de assassinatos naquele país é superior aquele valor chegando quase a 60.000/ano mas só uma parte das vitimas são criminosos o que permite perceber porque é que o numero de detidos aumenta todos os anos e em breve irá chegar a 1 milhão, o que faz daquele sistema social uma fábrica de produzir criminosos.



_______________________________________________________________________
De: F. Pacheco Torgal
Enviado: 27 de Dezembro de 2018 7:35
Assunto: Uma abordagem alternativa à manutenção da ordem social

Atento o teor do email abaixo enviado a Colegas estrangeiros não soa tão descabida a proposta que defende que os nossos juízes devessem ser instruídos a aplicar o limite máximo das penas sempre que um rico seja apanhado a violar a lei. Não só para prevenir a sua tendência natural para a subversão da lei (vide email abaixo), também porque no nosso ordenamento jurídico os ricos tem muito mais hipóteses de se defender, mas porque a única forma de acalmar a base da pirâmide, de evitar a barbárie na rua ou a eleição Bolsonaros parece ser a de garantir que a República seja especialmente rigorosa (leia-se implacável) com os ricos. É também por isso que faria sentido que o Ministério da Justiça fosse designado por Ministério da Ordem Social, porque aquilo que lá se faz, aplicar a lei (incluindo leis injustas) tem pouco a ver com justiça e muito mais com a manutenção da ordem social.


________________________________________________________________________
De: F. Pacheco Torgal
Enviado: 25 de Dezembro de 2018 6:43
Para: F. Pacheco Torgal
Assunto: Nobel Laureate Joseph E. Stiglitz___hypocrisy and rich people

“the hypocrisy of America’s claim to be a land of opportunity: Yes, anyone can get ahead, so long as they are born of rich, white parents.”

https://www.project-syndicate.org/comme ... tz-2018-12

The citation of the Nobel laureate Joseph E. Stiglitz in the link above is only half of the history. The other half is related to the article of Prof. Martin Reich of the University of California (email below) that wrotes about the rich America also including Trump whose values are "do whatever it takes to win, regardless of the consequences for anyone else".

And the most interesting is that science shows that rich are less ethical, as the investigators wrote "Wealth is basically a mechanism for power, and power has a freeing effect on people" https://www.washingtonpost.com/news/spe ... ba2c35bbac
something very easy to understand in the light of the old saying "power corrupts"


Topo 
 Perfil  
Resposta com citações  
Mostrar mensagens anteriores:  Ordenar por  
 
Criar Novo Tópico Responder a este Tópico  [ 1 mensagem ] 

Índice do Fórum » Geral » Novidades, Notícias e Avisos


Quem está ligado

Utilizadores a navegar neste fórum: Google [Bot] e 3 visitantes

 
 

 
Criar Tópicos: Proibído
Responder Tópicos: Proibído
Editar mensagens: Proibído
Apagar mensagens: Proibído
Enviar anexos: Proibído

Pesquisar por:
Ir para:  
Alojamento oferecido por David A.