Registar    Entrar    Fórum    Pesquisar    FAQ     RSS

Índice do Fórum » Geral » Novidades, Notícias e Avisos





Criar Novo Tópico Responder a este Tópico  [ 1 mensagem ] 
Autor Mensagem
 Assunto da Mensagem: Cientistas que suscitam ódio de uma parte da sociedade
 Mensagem Enviado: Segunda Out 08, 2018 11:42 am 
Offline
cientista sempre presente
cientista sempre presente

Registado: Quarta Dez 09, 2015 8:17 am
Mensagens: 549
Universidade/ Instituto: Minho
Ainda relativamente ao email abaixo se é evidente que pelo menos a curto prazo não é possível reduzir substancialmente a investigação com base em animais mesmo que tentando compensar essa redução por recurso a modelação computacional https://www.scientificamerican.com/arti ... art-drugs/ é pelo menos também evidente que os investigadores que trabalham com animais devem ser muito mais escrutinados como aqui se dá conta http://science.sciencemag.org/content/357/6347/119 e as penalizações pelas más práticas devem ser agravadas para se tornarem suficientemente dissuasoras para evitar a repetição de casos como o do tal cientista alemão Karl Lenhard Rudolph que em 2017 foi declarado culpado de: “grossly negligent scientific misconduct.”..suspected breaches of the animal welfare (having admitted that 13,000 mice were killed unnecessarily) ou outros casos de igual gravidade como o dos macacos que foram deixados morrer de sede https://www.the-scientist.com/the-nutsh ... ions-38227 sob pena de muitos cidadãos se mobilizarem para impedir que os seus impostos financiem tais investigações ou que cheguem a isto http://science.sciencemag.org/content/3 ... 87.summary ou pior do que isso que a acção desses cientistas comece a suscitar repulsa ou até mesmo ódio por parte de muitos cidadãos o que poderá ter como efeito colateral a redução do prestigio e até do respeito que ainda usufrui a comunidade científica junto da sociedade.


________________________________________________________________________
De: F. Pacheco Torgal
Enviado: 8 de Setembro de 2018 5:23
Assunto: Michael Bracken e William Crowley: Dois Professores integros ou dois radicais anti-sociais ?

Recebi ontem à noite email do Andre Menache, "President of Doctors and Lawyers for Responsible Medicine (UK), and general manager of the Federation of Animal Protection Societies in Israel", em resposta a email que lhe dirigi questionando os valores intrigantes constantes do post dele no The Ecologist que não possuem referências, sobre o facto de 85% da investigação biomédica constituirem desperdício, tendo recebido link para uma entrevista de um Professor Emérito da Universidade de Yale, Michael Bracken

https://nihrecord.nih.gov/newsletters/2 ... story3.htm
https://publichealth.yale.edu/people/mi ... en.profile

Já quanto ao valor de 0.004% relativamente a artigos que originaram tratamentos clínicos úteis constante no mesmo post ele revela a referência onde o referido valor foi recolhido: https://www.amjmed.com/article/S0002-9343(03)00119-0/fulltext artigo da autoria deste cientista http://reproendo.mgh.harvard.edu/progra ... m-crowley/

Agora cada Colega que tire as suas próprias conclusões, sobre se as referidas percentagens são criveis ou falsas, como foi alegado por catedrático daquela área mencionado no inicio do email abaixo.


_______________________________________________________________________
De: F. Pacheco Torgal
Enviado: 6 de Setembro de 2018 20:12
Assunto: Aviso

Relativamente ao email abaixo com texto do Andre Menache, https://www.youtube.com/watch?v=QNpgjZeQDow

um conhecido Colega da área da medicina avisou-me que é um texto eventualmente produzido por activistas, muitos deles radicais anti-sociais que não hesitam em mentir !

Eu obviamente pelo respeito que nutro pelo referido Colega, que tenho por alguém bastante sério e integro, tomo como boa a advertência, porém ao mesmo tempo não esqueço que na minha área durante 30 anos mais de 90% dos investigadores acharam boa ideia não mencionar um aspecto negativo de um determinado material para não reduzir a sua competitividade face ao concorrente que dominava e domina o mercado. Não o fizeram como parte de uma grande conspiração mas tão somente porque era simplesmente cómodo e vantajoso não o referir. Pois é evidente que é muito mais interessante trabalhar numa área promissora do que trabalhar numa que é um beco sem saída e ninguém vai a uma conferência para anunciar que se fizeram milhares de testes concluindo que aquela linha de investigação não dará qualquer fruto vendável ou sequer citável. Significa isto que se a minha área, onde os problemas de viciação e outras trampolias menos éticas são quase nulas então naquelas áreas como na área da medicina onde essa falta de ética é um problema recorrente, endémico muitas vezes quase parecendo impossível de extirpar sabe-se lá que segredos escabrosos não esconderão do grande público.

Questão diferente é obviamente a de se saber até que ponto a espécie humana que ocupa o topo da pirâmide alimentar pode dispor a seu belo prazer de outras espécies seja para divertimento seja mesmo para investigação científica quase parecendo que muitas vezes o faz à luz do principio "Migth is Rigth" e legitima a questão sobre quanto vale uma vida?

E paradoxalmente ao mesmo tempo que se aprovam leis que proibem e penalizam o sofrimento de animais de estimação se admite que isso não vale caso os mesmos sejam utilizados em investigação médica. Note-se que até mesmo na civilizada Suécia se continua a fazer experimentação nos nossos "parentes" mais próximos:
"Monkeys are needed for this work because they are so closely related to humans."
https://ki.se/en/research/research-with-monkeys

Pessoalmente chocar-me-ia menos que os referidos testes fossem feitos em condenados à morte ou a prisão perpétua que aceitassem faze-los em troca de redução substancial da pena. Pelo menos sempre poderiam dizer que não.

Aliás porque será que a nossa sociedade aceita como normal que alguém participe em desportos no qual existe elevada probabilidade de ferimentos graves e ou morte e não admite que o mesmo cidadão possa participar em investigação médica envolvendo idênticos riscos ?


______________________________________________________________________
De: F. Pacheco Torgal
Enviado: 6 de Setembro de 2018 6:44
Assunto: "Silent fraud" and the European Union Directive 2010/63/EU

https://theecologist.org/2018/aug/08/do ... ew-menache

“The animal research community is in crisis as never before. In the past, scientists who conducted animal experiments had to contend with two main issues: where to get their funding and vocal criticism from the animal rights movement. Today, animal researchers have to contend with two additional issues: poor quality data and the inability of animals to predict what might happen in people. Around 85 percent of investment in animal-based research is ultimately wasted due to sloppy science. This astonishing figure is corroborated by research scientists on both sides of the Altlantic…a landmark study closely examined 25000 articles published in leading science journals. It measured the translation rate of basic research into clinically useful treatments. The result was astonishingly low: 0.004 percent,”

Below petition on the European Union Directive 2010/63/EU
https://secure.peta.org.uk/page/26847/p ... arded=true


Topo 
 Perfil  
Resposta com citações  
Mostrar mensagens anteriores:  Ordenar por  
 
Criar Novo Tópico Responder a este Tópico  [ 1 mensagem ] 

Índice do Fórum » Geral » Novidades, Notícias e Avisos


Quem está ligado

Utilizadores a navegar neste fórum: Nenhum utilizador registado e 4 visitantes

 
 

 
Criar Tópicos: Proibído
Responder Tópicos: Proibído
Editar mensagens: Proibído
Apagar mensagens: Proibído
Enviar anexos: Proibído

Pesquisar por:
Ir para:  
cron
Alojamento oferecido por David A.