Registar    Entrar    Fórum    Pesquisar    FAQ     RSS

Índice do Fórum » Geral » Novidades, Notícias e Avisos





Criar Novo Tópico Responder a este Tópico  [ 1 mensagem ] 
Autor Mensagem
 Assunto da Mensagem: O Ministro perdido no seu labirinto
 Mensagem Enviado: Sábado Jun 30, 2018 7:09 am 
Offline
cientista sempre presente
cientista sempre presente

Registado: Quarta Dez 09, 2015 8:17 am
Mensagens: 484
Universidade/ Instituto: Minho
https://www.publico.pt/2018/06/29/socie ... ia-1836379

Quando de acordo com a noticia no link acima é o próprio deputado Alexandre Quintanilha a dizer que os investigadores estão "prostrados com a lentidão das reformas" é porque o panorama é mesmo aterrador e digno do inferno de Dante. No passado cheguei a pedir a demissão do Ministro mas agora prefiro que ele lá continue para ser confrontado com as promessas que ontem fez, algumas delas comentadas no email abaixo, mas também aquelas que fez quando foi co-autor do tal livro negro da ciência conjuntamente com o mesmo Alexandre Quintanilha, a Fernanda Rollo, o João Sentieiro e o Carlos Fiolhais este último que dele deu destaque no seu blog http://dererummundi.blogspot.com/2015/09/livro-negro-da-avaliacao-da-ciencia-em.html livro esse que em grande parte resultou do facto de alguns centros generosamente financiados terem perdido os milhões a que sempre estiveram habituados, onde na linha da frente se incluem claro os aristocratas da ciência cuja excelência tinha origem quase divina que ninguém podia revogar como se escreveu aqui https://forum.bolseiros.org/viewtopic.php?f=8&t=6766 onde reconheça-se há casos excepcionais como seja por exemplo o IMM mas também há outros que têm outro nome sendo a palavra adequada regabofe como se deu conta aqui https://forum.bolseiros.org/viewtopic.php?f=8&t=7764 em post com largas centenas de visualizações.

Desde logo quando se fala em laboratórios associados e como há tempos bem perguntou o Reitor da UBI fica por se saber por que carga de água a esmagadora maioria foi logo para a universidade de Lisboa ? Abunda por ali a genialidade ou aplica-se o Guanxi Português, quando mais perto do poder politico maior a disponibilidade orçamental ? É que nestas coisas eu não sei se há bruxas sei apenas que diz o catedrático jubilado Vital Moreira (post de 7 de setembro de 2017) que há 40 anos que Lisboa anda a chular o resto do país (veja-se hoje no Público o artigo do Miguel Cadilhe https://www.publico.pt/2018/06/30/politica/opiniao/assim-se-esquece-o-interior-1835762) pelo que improvável seria que isso só não sucedesse na ciência. Se a genialidade efectivamente abunda na universidade de Lisboa e escasseia noutras universidades porque não lidera aquela universidade o rácio bolsas ERC/ETIs ? Se a genialidade de facto ali abunda e escasseia noutras universidades porque é que relativamente ao rácio artigos altamente citado na Web of Science/ETIs aquela universidade não consegue aparecer sequer nas três primeiras posições em Portugal ? Se a genialidade efectivamente ali abunda e escasseia noutras universidades porque têm aquela universidade menos Highly Cited Researchers do que o Politécnico de Bragança ? Será apenas o mesmo azar que atingiu os Távoras ?

Faço por isso votos que desta vez a avaliação das unidades em curso seja a melhor que algum dia teve lugar em Portugal, (é verdade que os sinais até agora são péssimos como sejam exceções às grandes unidades que até podem indicar o nome de revisores https://forum.bolseiros.org/viewtopic.php?f=8&t=7777 legitimando a critica de conhecido catedrático jubilado da universidade do Porto segundo o qual essas unidades irão ser beneficiadas https://observador.pt/opiniao/ciencia-avaliacao-das-unidades-ou-concurso-de-beleza/ porem ainda assim a esperança é a ultima a morrer) porque se não for o caso os referidos 5 cavaleiros do apocalipse tão lestos a produzirem livros negros não será tão cedo que se livram da fama de falsos profetas da ciência. Faço também votos que este Executivo não tenha inaugurado a péssima moda de sempre que for eleito novo Governo haver lugar a nova avaliação das unidades de investigação pois se há algo que a ciência não precisa é de oportunistas que por via de ambições politicas pessoais não se importam de usar a comunidade cientifica como leverage para as atingirem. Noutros países há quem se demita por vergonha como foi o caso deste Ministro no Reino Unido https://www.bbc.com/news/uk-politics-42897401 que pediu a demissão simplesmente porque se atrasou infelizmente por cá o que temos é políticos que só largam os lugares onde estão quando se dão conta que a força de adesão que os prende aos mesmos é inferior à força de arranque de quem os quer tirar de lá para fora. Padecem do conhecido síndrome "Bruno de Carvalho" uma doença que ataca forte em Portugal e não é só na zona de Alvalade.


Topo 
 Perfil  
Resposta com citações  
Mostrar mensagens anteriores:  Ordenar por  
 
Criar Novo Tópico Responder a este Tópico  [ 1 mensagem ] 

Índice do Fórum » Geral » Novidades, Notícias e Avisos


Quem está ligado

Utilizadores a navegar neste fórum: Google [Bot] e 8 visitantes

 
 

 
Criar Tópicos: Proibído
Responder Tópicos: Proibído
Editar mensagens: Proibído
Apagar mensagens: Proibído
Enviar anexos: Proibído

Pesquisar por:
Ir para:  
Alojamento oferecido por David A.