Registar    Entrar    Fórum    Pesquisar    FAQ     RSS

Índice do Fórum » Geral » Novidades, Notícias e Avisos





Criar Novo Tópico Responder a este Tópico  [ 1 mensagem ] 
Autor Mensagem
 Assunto da Mensagem: Ministro Manuel Heitor contra a endogamia a 100%
 Mensagem Enviado: Sábado Set 23, 2017 4:25 pm 
Offline
investigador em formação
investigador em formação

Registado: Quarta Dez 09, 2015 8:17 am
Mensagens: 73
Universidade/ Instituto: Minho
Artigo no link https://www.docdroid.net/loc34Fo/mctes-23-09-2017.pdf

Muito se estranha que o MCTES se mostre tão surpreendido com o facto de haver cursos com percentagens de endogamia de 100%, classificando uma tal situação como "inadmissível", pois que a mesma não é nova nem é de ontem. Infelizmente a rapidez com que logo aproveita para lavar as mão dizendo que não é polícia das universidades não é de molde a criar expectativas positivas quanto ao facto das tais corporações que ele agora diz ser preciso combater façam o favor de se combater a si próprias.

Em 2007, o Ministro Mariano Gago exarou despacho provisório de encerramento da Universidade Independente acusando aquela instituição e os seus proprietários de terem traído a confiança do Estado e da Sociedade. Curiosamente referiu no mesmo que a UNI tinha sido "repetidamente avaliada e inspeccionada", desde a sua criação em 1994, e que na mesma não tinham sido encontrados "problemas graves no seu funcionamento" até 2006. Ou seja estava tudo óptimo, a UNI era um primor de prática pedagógica e científica mas um dia de repente tudo apodreceu. É claro que pode ter sido atacada por um vírus fulminante mas é mais provável que alguém tenha feito vista grossa ao que por lá se passava. A autonomia é coisa óptima mas só até ao dia em que se toma conhecimento de traições cometidas contra o Estado e a sociedade, que em tempo poderiam e deveriam ter sido evitadas.

Sobre a tal endogamia de 100% é que ninguém agora pode fazer vista grossa. E pena é que o MCTES se tenha declarado institucionalmente impedido de fazer alguma coisa a esse respeito remetendo o problema para os Srs. Reitores e para os Conselhos Gerais. Melhor seria porém que tivesse solicitado à IGEC, a quem compete inspecionar e auditar as referidas instituições que averiguasse e informasse, nomeadamente, se em tempo, foram instaurados processos disciplinares aos júris dos concursos anulados por vicio de violação de Lei, para apurar da eventual responsabilidade de cada um dos jurados no referido vicio. Porque convém não esquecer que a ocorrência de violações da Lei sem apuramento de responsáveis, ainda para mais em instituições públicas, é coisa própria de países do terceiro mundo.


Topo 
 Perfil  
Resposta com citações  
Mostrar mensagens anteriores:  Ordenar por  
 
Criar Novo Tópico Responder a este Tópico  [ 1 mensagem ] 

Índice do Fórum » Geral » Novidades, Notícias e Avisos


Quem está ligado

Utilizadores a navegar neste fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante

 
 

 
Criar Tópicos: Proibído
Responder Tópicos: Proibído
Editar mensagens: Proibído
Apagar mensagens: Proibído
Enviar anexos: Proibído

Pesquisar por:
Ir para:  
Alojamento oferecido por David A.