Passagens Administrativas, até quando?

Discussão das prioridades para a melhoria das condições enquanto jovens investigadores e as estratégias a seguir para as atingir.
Regras do Fórum
"Prioridades e estratégias"; cujo objectivo é a discussão daquilo que os bolseiros consideram ser as prioridades para a melhoria das suas condições enquanto jovens investigadores e as estratégias a seguir para atingir os objectivos propostos.
Responder
jfdtiago
recém-chegado
recém-chegado
Mensagens: 14
Registado: sexta jul 03, 2009 3:04 pm
University/ Institute: Universidade de Lisboa

Passagens Administrativas, até quando?

Mensagem por jfdtiago » quarta jun 24, 2015 5:35 pm

Gostaria de propor à ABIC uma tomada de posição sobre este assunto
http://form.fenprof.org/?sid=35569#
Penso que a petição esbarra com os nossos interesses actuais dos bolseiros em Portugal, por isso deixo o meu apelo a que:

Não se apoie o voto nesta petição.

Há 6 anos soube-se que o doutoramento seria um requisito para ser Docente no Ensino Superior. Previa-se finalmente uma mudança na Academia em Portugal.
Há 6 anos o programa de bolsas de doutoramento da FCT possibilitava que aqueles que aspirassem a ser docentes, de um Ensino Superior que tivesse o doutoramento como requisito, pudessem preparar-se para tal. O requisito era o mérito. Houve muita gente (docentes incluídos) que aceitaram o desafio e formaram-se em Portugal ou no estrangeiro para, entre outros, poderem ter um papel transformador nas instituições de ensino. Agora, o sistema fecha-se a qualquer penetração através das "passagens automáticas" de quem já lá anda, pelo simples facto de lá andar. O sistema cristaliza-se, evita a mudança, e permanece no século passado.
Já basta!
Se os que estão "na casa" são bons para a instituição, qual é o problema de competirem num concurso público aberto?
Abraços

Responder