Registar    Entrar    Fórum    Pesquisar    FAQ     RSS

Índice do Fórum » Geral » Perguntas / Apoio ao Bolseiro





Criar Novo Tópico Responder a este Tópico  [ 3 mensagens ] 
Autor Mensagem
 Assunto da Mensagem: Bolsas de Doutoramento: Ajuda para Perceber
 Mensagem Enviado: Sexta Maio 11, 2018 12:49 pm 
Offline
recém-chegado
recém-chegado

Registado: Quarta Abr 25, 2018 1:39 am
Mensagens: 27
Universidade/ Instituto: N/A
Olá,

Sou mestre e neste momento estou-me a candidatar a bolsas de investigação para mestre. Eventualmente, dependendo se as coisas correm bem ou não, estou a planear candidatar-me a um doutoramento daqui por 1 ou 2 anos.

Mas não percebo muito bem como é que isto funciona.

Já ouvi falar que a FCT abre concursos para bolsas de doutoramento por áreas e o candidato candidata-se individualmente à bolsa com o apoio de um orientador e de um grupo de investigação.

No entanto, no Eracareers, já vi anúncios de bolsas de doutoramento no âmbito de um programa doutoral específico (por exemplo o PATH da Universidade do Minho está com 10 vagas abertas). Ou seja, neste caso, pelo que percebi quem faz a selecção dos candidatos não é a FCT mas sim o grupo de investigação que já tem garantido financiamento por parte da FCT para 10 bolsas.

Além disso, o ano passado, fui a uma entrevista com um grupo na qual o grupo já tinha garantida uma bolsa de doutoramento e queriam um bolseiro mestrado para iniciar trabalhos, sendo que passado 2 meses ia logo entrar para doutoramento. Até pagavam 1250€ em vez de 980€ sendo que o extra era para pagar as propinas do doutoramento, o que achei estranho porque geralmente, quem ganha bolsa recebe 980€ e as propinas são pagas directamente pela FCT à universidade (certo?).

Para acrescentar confusão, também há as bolsas mistas com entidades estrangeiras e as bolsas em parcerias com empresas.

No caso das bolsas mistas:
- Quem paga a bolsa é apenas a FCT ou também é a entidade estrangeira?
- Como é que eu posso conseguir uma bolsa mista? Tenho que começar a fazer investigação em Portugal num programa doutoral que já tenha estabelecidas parcerias com instituições estrangeiras ou posso eu directamente procurar estabelecer parcerias com instituições do meu interesse?

No caso de bolsas para empresas:
- Geralmente a pessoa tem que já estar a trabalhar na empresa para conseguir uma bolsa?
- É possível contactar as entidades e tentar estabelecer parcerias ou elas já têm que existir? Pelo que percebi é tudo muito burocrático, qualquer compra ou alteração ao contrato com a FCT que seja feita tem que ser exaustivamente justificado pelo grupo por isso não sei se há essa flexibilidade em tentar estabelecer parcerias com entidades externas.
- A bolsa é paga totalmente pela FCT ou também pela empresa?

Finalmente, gostaria de questionar, se existe alguma espécie de Eracareers europeia, isto é uma plataforma que agregue todas as oportunidades de investigação na Europa. Ou pelo menos uma plataforma por país que agregue as propostas nesse país. Estou interessada em países como: Alemanha, França, Dinamarca, Suécia, Suiça, Bélgica, Holanda, Espanha. Eventualmente países da América Latina e EUA. Estou interessada em país que tenham indústrias do meu sector (farmacêuticas ou agro-alimentares, pois ainda não decidi bem que tipo de projecto vou aceitar) de forma a ser mais fácil criar sinergias.


Topo 
 Perfil  
Resposta com citações  
 Assunto da Mensagem: Re: Bolsas de Doutoramento: Ajuda para Perceber
 Mensagem Enviado: Quinta Maio 17, 2018 5:36 pm 
Offline
cientista sempre presente
cientista sempre presente

Registado: Sexta Jul 29, 2005 10:06 am
Mensagens: 1438
Olá.
Acredito que sejas uma pessoa bastante organizada e que gostes de ter as coisas bem planificadas. Mas muito sinceramente, acho que não vale a pena nesta fase dares importância a demasiados pormenores. Se sempre fores fazer bolsa de investigação logo terás oportunidade de conhecer por dentro as coisas e ver se queres ir pela via de doutoramentos, académica, etc. ou não. As questões processuais vão sendo alteradas de concurso para concurso e o que foi válido no último pode não vir a ser válido no próximo. Aliás, tu há poucas intervenções atrás dizias que nem querias ir para doutoramentos, etc. portanto neste momento acho bem que abras a hipótese mas não vale a pena, a meu ver, estares já a fazer planos muito pormenorizados.

curiousbeing Escreveu:
(...) No entanto, no Eracareers, já vi anúncios de bolsas de doutoramento no âmbito de um programa doutoral específico (por exemplo o PATH da Universidade do Minho está com 10 vagas abertas). Ou seja, neste caso, pelo que percebi quem faz a selecção dos candidatos não é a FCT mas sim o grupo de investigação que já tem garantido financiamento por parte da FCT para 10 bolsas.

Além disso, o ano passado, fui a uma entrevista com um grupo na qual o grupo já tinha garantida uma bolsa de doutoramento e queriam um bolseiro mestrado para iniciar trabalhos, sendo que passado 2 meses ia logo entrar para doutoramento. Até pagavam 1250€ em vez de 980€ sendo que o extra era para pagar as propinas do doutoramento, o que achei estranho porque geralmente, quem ganha bolsa recebe 980€ e as propinas são pagas directamente pela FCT à universidade (certo?).


Sim, tens bolsas inseridas nos programas doutorais (sendo que muitos programas doutorais não têm bolsas, para o terem o programa doutoral teve de ganhar um concurso prévio), e um concurso "geral" no que diz respeito à FCT (leia-se, financiamento do Estado português). E possivelmente poderás outras situações provenientes por ex. de financiamento europeu ou outras instituições, talvez seja o caso desse que referes que pagava 1250 euros mas não pagava as propinas directamente à universidade, ou do outro onde começavas uma bolsa de doutoramento já daí a 2 meses.

Citar:
Para acrescentar confusão, também há as bolsas mistas com entidades estrangeiras e as bolsas em parcerias com empresas.

No caso das bolsas mistas:
- Quem paga a bolsa é apenas a FCT ou também é a entidade estrangeira?
- Como é que eu posso conseguir uma bolsa mista? Tenho que começar a fazer investigação em Portugal num programa doutoral que já tenha estabelecidas parcerias com instituições estrangeiras ou posso eu directamente procurar estabelecer parcerias com instituições do meu interesse?


No caso das bolsas mistas da FCT é só a FCT que paga (que eu saiba). Para a conseguires é concorreres a bolsa mista no concurso geral. Mas acho que esse é daqueles pormenores que logo vês se sempre quiseres... Talvez possa ser facilitado por algum orientador que tenhas, ou se és uma pessoa cheia de iniciativa, possas fazer os contactos e fazer uma proposta...

Citar:
No caso de bolsas para empresas:
- Geralmente a pessoa tem que já estar a trabalhar na empresa para conseguir uma bolsa?
- É possível contactar as entidades e tentar estabelecer parcerias ou elas já têm que existir? Pelo que percebi é tudo muito burocrático, qualquer compra ou alteração ao contrato com a FCT que seja feita tem que ser exaustivamente justificado pelo grupo por isso não sei se há essa flexibilidade em tentar estabelecer parcerias com entidades externas.
- A bolsa é paga totalmente pela FCT ou também pela empresa?


Creio que as bolsas de empresa são independentes de lá estares a trabalhar (e no fundo se ganhares bolsa terás de "te desempregar" para ter a bolsa...).
Mais uma vez penso que podes contactar ou pode ser algum orientador que te facilite.
Creio que parte da bolsa é paga pela FCT e outra parte pela empresa, mas o valor é previamente estipulado. Terás de ver o regulamento e valores específicos quando te candidatares se for o caso.
Em teoria, quer no caso das bolsas mistas quer das BDE, o que vais em princípio colocar na proposta será como se tu tivesses feito todos os contactos e fosse um projecto teu. E depois os teus orientadores, na universidade portuguesa e na universidade estrangeira ou na empresa, associam-se à tua candidatura.

Citar:
Finalmente, gostaria de questionar, se existe alguma espécie de Eracareers europeia, isto é uma plataforma que agregue todas as oportunidades de investigação na Europa. Ou pelo menos uma plataforma por país que agregue as propostas nesse país. Estou interessada em países como: Alemanha, França, Dinamarca, Suécia, Suiça, Bélgica, Holanda, Espanha. Eventualmente países da América Latina e EUA. Estou interessada em país que tenham indústrias do meu sector (farmacêuticas ou agro-alimentares, pois ainda não decidi bem que tipo de projecto vou aceitar) de forma a ser mais fácil criar sinergias.

Que eu saiba não há nenhum site em que toda a gente ponha obrigatoriamente as bolsas como o Eracareers em Portugal, mas talvez haja sites que facilitem. Neste fórum tens o tópico "Anúncios (bolsas, ofertas de emprego, outros)" onde tens uma intervenção logo no topo "Onde encontrar bolsas", viewtopic.php?f=2&t=1909. Também podes pesquisar por ex. no google, creio que o melhor é pesquisares por algo do tipo "phd fellowship/studentship/scholarship" com a área científica em inglês e o país se quiseres especificar. Também deve haver sites do tipo de emprego científico, por ex. um que me apareceu ao fazer as pesquisas que te indiquei há pouco foi: https://www.findaphd.com/

Boa sorte e que os teus caminhos se abram para encontrares algo que vá de encontro ao que pretendes.


Topo 
 Perfil  
Resposta com citações  
 Assunto da Mensagem: Re: Bolsas de Doutoramento: Ajuda para Perceber
 Mensagem Enviado: Sexta Maio 18, 2018 5:18 pm 
Offline
recém-chegado
recém-chegado

Registado: Quarta Abr 25, 2018 1:39 am
Mensagens: 27
Universidade/ Instituto: N/A
spca Escreveu:
Olá.
Acredito que sejas uma pessoa bastante organizada e que gostes de ter as coisas bem planificadas. Mas muito sinceramente, acho que não vale a pena nesta fase dares importância a demasiados pormenores. Se sempre fores fazer bolsa de investigação logo terás oportunidade de conhecer por dentro as coisas e ver se queres ir pela via de doutoramentos, académica, etc. ou não. As questões processuais vão sendo alteradas de concurso para concurso e o que foi válido no último pode não vir a ser válido no próximo. Aliás, tu há poucas intervenções atrás dizias que nem querias ir para doutoramentos, etc. portanto neste momento acho bem que abras a hipótese mas não vale a pena, a meu ver, estares já a fazer planos muito pormenorizados.

curiousbeing Escreveu:
(...) No entanto, no Eracareers, já vi anúncios de bolsas de doutoramento no âmbito de um programa doutoral específico (por exemplo o PATH da Universidade do Minho está com 10 vagas abertas). Ou seja, neste caso, pelo que percebi quem faz a selecção dos candidatos não é a FCT mas sim o grupo de investigação que já tem garantido financiamento por parte da FCT para 10 bolsas.

Além disso, o ano passado, fui a uma entrevista com um grupo na qual o grupo já tinha garantida uma bolsa de doutoramento e queriam um bolseiro mestrado para iniciar trabalhos, sendo que passado 2 meses ia logo entrar para doutoramento. Até pagavam 1250€ em vez de 980€ sendo que o extra era para pagar as propinas do doutoramento, o que achei estranho porque geralmente, quem ganha bolsa recebe 980€ e as propinas são pagas directamente pela FCT à universidade (certo?).


Sim, tens bolsas inseridas nos programas doutorais (sendo que muitos programas doutorais não têm bolsas, para o terem o programa doutoral teve de ganhar um concurso prévio), e um concurso "geral" no que diz respeito à FCT (leia-se, financiamento do Estado português). E possivelmente poderás outras situações provenientes por ex. de financiamento europeu ou outras instituições, talvez seja o caso desse que referes que pagava 1250 euros mas não pagava as propinas directamente à universidade, ou do outro onde começavas uma bolsa de doutoramento já daí a 2 meses.

Citar:
Para acrescentar confusão, também há as bolsas mistas com entidades estrangeiras e as bolsas em parcerias com empresas.

No caso das bolsas mistas:
- Quem paga a bolsa é apenas a FCT ou também é a entidade estrangeira?
- Como é que eu posso conseguir uma bolsa mista? Tenho que começar a fazer investigação em Portugal num programa doutoral que já tenha estabelecidas parcerias com instituições estrangeiras ou posso eu directamente procurar estabelecer parcerias com instituições do meu interesse?


No caso das bolsas mistas da FCT é só a FCT que paga (que eu saiba). Para a conseguires é concorreres a bolsa mista no concurso geral. Mas acho que esse é daqueles pormenores que logo vês se sempre quiseres... Talvez possa ser facilitado por algum orientador que tenhas, ou se és uma pessoa cheia de iniciativa, possas fazer os contactos e fazer uma proposta...

Citar:
No caso de bolsas para empresas:
- Geralmente a pessoa tem que já estar a trabalhar na empresa para conseguir uma bolsa?
- É possível contactar as entidades e tentar estabelecer parcerias ou elas já têm que existir? Pelo que percebi é tudo muito burocrático, qualquer compra ou alteração ao contrato com a FCT que seja feita tem que ser exaustivamente justificado pelo grupo por isso não sei se há essa flexibilidade em tentar estabelecer parcerias com entidades externas.
- A bolsa é paga totalmente pela FCT ou também pela empresa?


Creio que as bolsas de empresa são independentes de lá estares a trabalhar (e no fundo se ganhares bolsa terás de "te desempregar" para ter a bolsa...).
Mais uma vez penso que podes contactar ou pode ser algum orientador que te facilite.
Creio que parte da bolsa é paga pela FCT e outra parte pela empresa, mas o valor é previamente estipulado. Terás de ver o regulamento e valores específicos quando te candidatares se for o caso.
Em teoria, quer no caso das bolsas mistas quer das BDE, o que vais em princípio colocar na proposta será como se tu tivesses feito todos os contactos e fosse um projecto teu. E depois os teus orientadores, na universidade portuguesa e na universidade estrangeira ou na empresa, associam-se à tua candidatura.

Citar:
Finalmente, gostaria de questionar, se existe alguma espécie de Eracareers europeia, isto é uma plataforma que agregue todas as oportunidades de investigação na Europa. Ou pelo menos uma plataforma por país que agregue as propostas nesse país. Estou interessada em países como: Alemanha, França, Dinamarca, Suécia, Suiça, Bélgica, Holanda, Espanha. Eventualmente países da América Latina e EUA. Estou interessada em país que tenham indústrias do meu sector (farmacêuticas ou agro-alimentares, pois ainda não decidi bem que tipo de projecto vou aceitar) de forma a ser mais fácil criar sinergias.

Que eu saiba não há nenhum site em que toda a gente ponha obrigatoriamente as bolsas como o Eracareers em Portugal, mas talvez haja sites que facilitem. Neste fórum tens o tópico "Anúncios (bolsas, ofertas de emprego, outros)" onde tens uma intervenção logo no topo "Onde encontrar bolsas", http://forum.bolseiros.org/viewtopic.php?f=2&t=1909. Também podes pesquisar por ex. no google, creio que o melhor é pesquisares por algo do tipo "phd fellowship/studentship/scholarship" com a área científica em inglês e o país se quiseres especificar. Também deve haver sites do tipo de emprego científico, por ex. um que me apareceu ao fazer as pesquisas que te indiquei há pouco foi: https://www.findaphd.com/

Boa sorte e que os teus caminhos se abram para encontrares algo que vá de encontro ao que pretendes.



Olá, obrigado novamente pela resposta. De facto gosto sempre de saber ao detalhe naquilo em que me vou meter para conseguir decidir e em relação a bolsas a informação existente e um bocado "obscura". Não me agrada essa falta de transparência de todo mas pronto, terei que contar com imprevistos nos meus planos.


Topo 
 Perfil  
Resposta com citações  
Mostrar mensagens anteriores:  Ordenar por  
 
Criar Novo Tópico Responder a este Tópico  [ 3 mensagens ] 

Índice do Fórum » Geral » Perguntas / Apoio ao Bolseiro


Quem está ligado

Utilizadores a navegar neste fórum: Bing [Bot] e 19 visitantes

 
 

 
Criar Tópicos: Proibído
Responder Tópicos: Proibído
Editar mensagens: Proibído
Apagar mensagens: Proibído
Enviar anexos: Proibído

Pesquisar por:
Ir para:  
Alojamento oferecido por David A.